terça-feira, 23 de maio de 2006

Até sempre...



Tudo o que começa acaba, infelizmente é assim...
Ao reler alguns dos meus pots, por vezes fica como que a sensação de que não fui eu que os escrevi... de um lado mora a saudade, do outro o esquecimento, a vida é assim, feita de encontros e desencontros.
Antes de extinguir esta fogueira outrora palpitante, queria deixar uma palavra de agradecimento muito especial, pelas suas palavras ao Catatau, Tongzhi, Gazpar, Preciouzzz, Swatch, Cláudio e a todos os que quiseram deixar o seu comentário e aos leitores em geral.
Até sempre...

"Penas que não se vêm não se sentem".

2 comentários:

Catatau disse...

Mas vais mesmo extinguir?!
Tens necessidade disso?!
Não quererás - antes - começar de novo, qual Fenix renascida? ;)

Não precisas de postar todos os dias e blábláblá (o costume). Sempre podes fazer coisas diferentes, mais parecidas com aquelas que tu és hoje (uma vez que não te revês em alguns dos post anteriores).

Pensa bem.
Se resolveres encerrar o blog, ao menos comenta o dos outros. Quem aparece, nunca esquece. :)

Tongzhi disse...

Eu faço minhas as palavras do Catatau.
Mas acho que te tenho de ligar para falarmos melhor!
Um abração!!!