domingo, 3 de junho de 2007

A Vida

a vida é um nada,
é um simples passatempo,
é um breve momento no tempo,
é coisa já determinada.

a vida pode ser,
mais curta que o tempo,
por mais longo que seja o tempo,
por mais tempo que agente viver.

a vida vive-se em cada momento,
por cada momento que agente viver,
na vida vive-se cada momento,
que agente pensa jamais viver.

a vida é amarmos-nos
a nós próprios,
para depois nos amarmos
uns aos outros.

1987

8 comentários:

Natacha disse...

Lampejo ...

A vida é não darmos nada como adquirido ou perdido, é luta constante ... A vida é redescobrirmo-nos a cada encruzilhada, é errar e seguir em frente.
Vida é genuinidade e pureza de sentimentos ...
Vida é ... AMOR!

Um beijinho, num dia particularmente especial para mim ... obrigada por estares ... lá!

jnavarro disse...

Já dizia um grande homem " o tempo nunca existiu, o tempo é nossa invenção" - Jorge Palma

Grande abraço e até breve!
www.joaonavarro.blogspot.com

Quanto à Figueira. A entrada é, efectivamente livre, é no bar e começa à hora que indicaste.

jnavarro

Catatau disse...

Parabéns pela lucidez dos "oitentas"! ;)

RIC disse...

Ah a vida, a vida!...
Hoje apetece-me dizer que ela é o fruto de um desígnio supremo da matéria.
Mas... e se estiver enganado? Se houve mesmo um acto criador inicial e original/originário?
(Acho que estou a perder qualidades a olhos vistos...)
Abraço! :-)

Tongzhi disse...

vinte anos passados e ainda actual!
Abraço

Lover disse...

Oi, amigo... A vida... Ui! Hoje, foste profundo, porque a vida é tema tão ambiguo que é dificil definir qualquer vida... a vida, para mim, é tudo e pode ser, rapidamente, nada... Por isso, há apenas que saber jogá-la pelo caminho mais simples... A teoria é fácil, não é? Pior é sempre a prática. Um abração e até breve... Depois passa pelo meu para ver se gostaste das mudanças que fiz. Abração!

pinguim disse...

Amigo Lampejo
este teu poema, muito belo, está para mim, nas antípodas do que escreve a Margarida R.P., e está a dar-me razão ao comentário que escrevi no post anterior.
Abraço.

lampejo disse...

NAtacha, a vida é o somatório de vários momentos e sentimentos.
Beijinho.

Jnavarro, concordo com o Jorge Palma.
Abraço.

Obrigado, amigo Catatau. :)

Acho que não Ric.
Abraço- :)

TZ, quem diria...
Abraço.<:)

Lover a vida é mesmo profunda, como a imensidão...
Abraço.

Amigo Pinguim, são apenas simples palavras, deste tonto (eu)...
Abraço.