sábado, 21 de julho de 2007

Pensamentos...

No dueto do amor
nem quero ser presa
nem predador
busco a incensa

desejo simplesmente
semear
colher
viver

arrisco comunicar
na incerteza de captar
a tua atenção
o teu coração

desejo simplesmente
um olhar
o teu abraçar
beijar

incompleto o meu ser
anseia por te ter,
não viver
um amor que é só meu

eis o que tenho para dar
o meu olhar
o meu viver
o meus sonhos de menino

se o amor assim o desejar
há-de a minha alma
querer beijar, beber
como quem ama.

11 comentários:

RIC disse...

Desta é que te deu forte e feio! Rsrs! O rapazinho está mesmo apaixonado! Parabéns!
Mais um belo poema!
Abraço! :-)

Natacha disse...

Se a tua escrita é o reflexo do teu desejo e do teu sentir, eu, pela minha parte, faço votos que possas concretizar! Luta sempre, tá? Não percas a esperança ... os impossíveis ... acontecem ;)

Beijinhos, gostei muito :)

Tongzhi disse...

Eu acho que o Ric tem razão!!!!
Viva o amor!

lampejo disse...

Caro Ric, apenas são meros pensamentos, daí o título. :)
Alegra-me saber que gostaste. :)

Natacha, é sem dúvida uma das minhas maiores "batalhas"...
Obrigado.
Beijinhos.

Tz, o amor por vezes é cego, eu que o diga, mas mesmo assim, viva o amor!
Abraço!

jnavarro disse...

Lá vem o pseudo :)
Poeta e pronto!

Também gostei do poema e, sou mais um que assino... "Viva o amor!"

Arion disse...

Estás a escrever cada vez melhor, sabias? Abraço, bom domingo!

LittleTB disse...

Gostei muito!!! Parabéns!!!

pinguim disse...

Ai, Lampejo, Lampejo, meu bom amigo.
Pudessem as belas palavras que tão bem combinas, levar-te à concretização desse teu sonho legítimo...
A esperança nunca morre, mantém a chama acesa!
Abração.

cris disse...

e que chama;) como diz o Pinguim, mantem a chama acesa. a esperança.

beijinhos

lampejo disse...

Amigo Pinguim, que os deuses te oiçam...
Abração.

Cris, quero ver se ela não se estingue de uma vez por todas.
Beijinhos.

Little Girl Blue disse...

Achei belo.