domingo, 5 de agosto de 2007

Renascer

no dia em que nascer
outra vez, não quero ser
nem homem, nem mulher
quero apenas viver

despido de preconceito
vestido de rectidão
livre de arrependimento
repleto de emoção

resguardado da degradação
jamais ser vítima
dessa raça maldita
purificar o coração

extravasar a pureza
interioriza a leveza
personificar a grandeza
sustentar a certeza

despojado do mal
munido do essencial
filho do espiritual
verbalizar a linguagem universal

15 comentários:

Little Girl Blue disse...

Obrigada pela visita. A porta está sempre aberta..

Não poderia renascer e enfrentar isso que é viver, não novamente. Mas, invejo os dispostos e aqueles que têm esperança de uma vida nova e melhor.

=)

Abraços do Brasil!

Natacha disse...

CLAP CLAP CLAP ... de pé!

Bravo! Parabéns lampejo, para ti a minha admiração...

Um grande beijinho

lampejo disse...

Little Girl Blue, deste que haja esperança e uma grande vontade, porque não.

Natacha, são meras palavras de uma simples alma sonhadora...
Beijinho.

ez disse...

Tenho a certeza de que renascerás!
Um abraço!

lampejo disse...

ez, se renascer, que seja livre de muita coisa... ;)
Um forte abraço!

jnavarro disse...

Muito bom!
Até ver... dos meus favoritos.
Bom trabalho, amigo, sinceramente!

pinguim disse...

Ai, ai, ai ai, menino Lampejo.
Estás a tornar-te um caso sério na poesia (para já) bloggista....
Fabuloso. Parabéns.

cris disse...

verbalizar a linguagem universal que se transporta e se liberta de qualquer caixa ou involucro, a que alguns por pudor, n�o ousam chamar de amor...

e eis que brilha intensa a chama neste espa�o que � a tua fogueira:)

beijinhos

The White Scratcher disse...

Os sonhos sãoos que nos fazem o dia a dia mais soave,,, continua assim,,, abraço

Arion disse...

Desculpa-me o atrevimento, mas posso partilhar desse teu desejo?

RIC disse...

Desculpa a minha preguiça, mas este calor tem o condão de me estupidificar: quero pensar e não consigo... Assim, evito escrever para não dar barraca... Cada um defende-se como pode.
Gosto bem mais do «poeticamente falando»! É mais verdadeiro! Quanto ao poema, sinceros parabéns! Neste caso, pode mesmo dizer-se que cada um é melhor que o anterior! Continua! E... havendo concursos, participa! ;-)
Abraço!

lampejo disse...

Amigo Pinguim, alegra-me saber que gostaste. Obrigado. :)

Cris, bonitas palavras.
Beijinhos.

White, já dizia o António Gedeão, "o sonho comanda a vida...", obrigado pela visita.
Forte abraço!

Arion, claro que podes... ;)

Caro Ric, não tens que pedir desculpa, comenta quando te apetecer.
Obrigado. :)
Abraço!

MrTBear disse...

Quem me dera renascer...

Só modificava uma coisa....
Tinha mais férias LOL
Abraços

lampejo disse...

mrtbear, deste que se modifique para melhor. ;)
Abraços!

Vanidade disse...

Mais um digno de realce. Inspirado.