terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Conversa de amigo

Um amigo meu em conversa perguntou-me "como ia de amores?", a qual lhe respondi, dadas as circunstância da vida e o estado de espírito, que este não seria o momento ideal para amar alguém. Não saberia corresponder ao amor, não me saberia fazer amar, nem amar, como eu quereria (pobre de mim, romântico, sonhador). Ao qual ele me respondeu, por outras palavra, que não deveria ser eu a avaliar-me (eu que sou bastante critico em relação a minha pessoa), tinha que dar uma oportunidade a outra pessoa. Era tudo uma questão de auto confiança. Para ele eu tinha tudo para ser amado, era boa pessoa, bonito por dentro por fora, feliz aquele que me encontra-se (não quero nem pretendo auto elogiar-me com estas suas palavras).
Eu ouvi atentamente, mas continuo a acreditar que este não é o momento ideal. Quem sabe não estarei eu errado!



Jacques Brel - Quand on a que l'amour.

10 comentários:

Catatau disse...

(Re)provavelmente estás errado, rapaz. Não há épocas/períodos/momentos/instantâneos especialmente apetecíveis/disponíveis/abertos/fastos para celebrar o amor. Quando ele acontece é para o fruir/aproveitar/mergulhar/saborear de todas as maneiras possíveis/imaginárias/fantasiosas/reais.
Nunca feches uma porta. Pode depois nem te apetecer sequer abrir uma janela... e, sem querer, passas uma vida de formiga amarga, quando terias tudo para ser uma amorosa cigarra.

Tongzhi disse...

Olha, menino lampejo, abre bem os olhos e lê com muito cuidado as sábias palavras do Catatau. Isto para não falar das palavras do teu amigo.
Tu sabes que eu penso assim!!!

Anónimo disse...

Refugia-te em «momentos ideais» e depois diz que é mau...
Desculpa-me o tom coloquial, mas creio que os abanões têm de ser dados com a linguagem apropriada.
E «quand on n'a que l'amour» é que se tem tudo o resto...
Medita nas palavras do teu amigo e nas do Catatau. Elas dizem tudo o que há a dizer. :-)

Lampejo disse...

Catatau, Tz, Ric, sem palavras...
;)

Tongzhi disse...

Sem palavras mas com uns "cascudos" na cabeça...
Também, olha que 3 se juntaram aqui? Não haja dúvida, trata-se do Segundo Triunvirato... ou será Terceiro? Já lhes perdi a conta
:)

Lampejo disse...

"Cascudos", poucos, os suficientes para eu aprender...
:)

Anónimo disse...

Ah grande Catatau.
20 valores.

Lampejo disse...

Pinguim, eu daria mais valores. :)

Anónimo disse...

E tens tudo. Resta esperar que outra pessoa te mostre isso... e tu finalmente acredites. ;)

Anónimo disse...

Adorei ler estes comentários de enfiada! Parabéns a todos e obrigado!
:-)