terça-feira, 19 de maio de 2009

sinto-me

sinto-me só
no tempo que já passou
no tempo presente
no tempo que há-de vir.

sinto-me despido
do passado
do presente
do futuro.

sinto-me perdido
no meio da multidão
encruzilhado
no abismo da solidão.

sinto-me ferido
na alma
no corpo
na dor...

sinto-me rasgado
por dentro
por fora
no todo...

sinto-me apartado
de ti
de mim
do que há-de vir...


ps: são simplesmente palavras soltas...

15 comentários:

Natacha disse...

A Solidão é dos sentimentos que mais nos esvaziam de tudo! Por vezes, necessitamos de momentos de solidão, mas que eles sejam a nossa escolha.
Não te deixes vencer por ela, tu és mais forte que isso!!

Acredita!

Beijo amigo

F3lixP disse...

Palavras soltas que algum fundo deverão ter! As coisas vão mudar e quando mudarem realizas que só aprendeste com os momentos maus! Vais ver! ;)
Abraço grande!

x_bear disse...

Meu caro, nunca te sintas só...acredita que nunca estamos só, haverá sempre alguém que está perto de nós, mesmo que longe e ausente...
Um forte abraço***

Teresa Queiroz disse...

a solidão é baça... nem sequer é tranparente ... enunca está só!


:)

Tongzhi disse...

Ainda bem que são palavras soltas. Assim é mais fácil soltares-te delas...

lampejo disse...

Natacha, esvaziam de que maneira...
Beijinhos!

F3lixP, aprende-se sim senhor...
Abraço!

x_bear, aonde andará essa pessoa!
Abraço***

Teresa, a solidão é torva, e ofusca-nos...

TZ, muito bem pensado...
Abraço!

pinguim disse...

Faço minhas as palavras do Tong.
Tu nunca estarás só!!!Para que servem os amigos?
Abraço muito grande.

Algbiboy disse...

Por vezes estar só é preciso para encontrar o nosso eu... Não tomes isso como problema, mas como fase de crescimento, aproveitando para reflectir na tua alma, abrindo caminho para novos desafios que julgas impossíveis...
Abração grande
Miguel

lampejo disse...

Pinguim, os amigos são umas das boas coisas que temos na vida :)
Falo de outro tipo de solidão.
Um forte abraço amigo.

Algbiboy, bem visto...
Abração!

Nocturna disse...

Lampejo,
Não são só palavras soltas.
Repassa delas uma mágua , muito funda. Todos temos momentos desses e não adianta dizer que vai passar. Porque enquanto não passa , tal como dizes , anda tudo muito turvo à nossa volta.
Um apertado abraço
Nocturna

bueno disse...

Palavras soltas? existe isto?

lampejo disse...

Nocturna, fala a voz da sabedoria que a maturidade nos trás :)
Obrigado pelas palavras.
Beijinho!

Acho que sim, Bueno, pelo menos no meu entender ;)
Abraço!

The White Scratcher disse...

Abraço para ti. Solta-las de vez!

Carametade disse...

Os poemas existem,para nos libertar,apesar de serem bonitos ,tornam-se negativos para a nossa alma,messes momentos de fraqueza eu pessoalmente prefiro uma desgarrada à portuguesa. LOL um abraço possitivo

lampejo disse...

White, acho que não tenho a coragem suficiente...
Abraço!

Carametade, acho que fazes bem.
Abraço!