quarta-feira, 2 de novembro de 2005

Aos nossos olhos


"Niveles de Apariencia"
Originally uploaded by ArteTotal.
Pintura + Colagem de Helga Krebs
O aspecto das pessoas pode mudar conforme o grau de conhecimento que temos dela, uma pessoa atraente tornar-se-á desinteressante se não tiver nada para dizer, ao inverso uma pessoa desinteressante ao dizer o que lhe interessa e por que lhe interessa, tornar-se-á encantadora.

13 comentários:

mfc disse...

A beleza não se limita ao estético.

Tongzhi disse...

Há as pessoas "feias/bonitas" e as "bonitas/feias"
E as "lindas"?
Terão os dois "predicados"?

Catatau disse...

O problema são sempre as aparências...
Mas depois há aquelas lindas double-face! :)

Swatch disse...

Objection !!!

Lampejo disse...

Vai mais além, não é mfc.

Seguindo o teu raciocínio TZ, diríamos que sim.

Os chamados caras de feijão-frade!

Objection! Cadê os argumentos Sr. Swatch...

Swatch disse...

Não concordo em absoluto;
uma pessoa atraente só porque não tem o dom da palavra, não tem necessariamente de ser ou tornar-se uma pessoa desinteressante!

O mesmo se aplica no caso seguinte;
uma pessoa desinteressante por "dizer o que lhe interessa" e "porque lhe interessa" (e sobretudo com a questão colocada desta forma ...), não se torna, de todo, uma pessoa encantadora!

Isto é uma opinião pessoal e, consequentemente, duscutível!!!

Swatch disse...

duscutível=discutível

Catatau disse...

Estou com o Swatch, concordo plenamente com o que ele disse!

bueno disse...

Seja como for, espero que eu seja uma dessas que se tornam encantadoras!

Lampejo disse...

Swatch, o discutível faz-mos pensar sobre às coisas...

Cláudio, a beleza que vem do interior, já deu para perceber que tu tens.

Tongzhi disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Tongzhi disse...

Meus amigos

Clarifiquemos acerca do que estamos a falar. Estamos a falar no plano da "amizade" ou do "engate"???
Já todos somos crescidinhos e sabemos que há diferença... há e muita!!!

Desconhecida disse...

Verdade mesmo!