quinta-feira, 18 de agosto de 2005

Dias & dias

Estava disposto a fazer um tributo ao amor, mas o espírito estava deserto, árido de palavras.
Pois há dias & dias, em que os fantasmas perseguem os nossos espíritos, queremos fugir de tudo e de todos, de nós próprios.
A alma chora silenciosamente.
Invade-mos a solidão, mesmo que entranhados na multidão.
Na esperança da bonança, esperamos o conforto de um carinho, um ombro amigo, tal como um barco deseja um porto num dia de tempestade.
Estou num desses dias.

12 comentários:

bueno disse...

Porque será que nos dias que estamos tristes e melancólicos, escrevemos melhor? Existe sempre o amanhã, também para à homenagem ao amor. Seu post sobre a sua avó, por exemplo, já falou da tua capacidade de amar. E nesses momentos de solidão existencial, é que nós, os puros amigos de blog, fazemos diferença. Afinal, estamos aqui, uns para os outros. Depois da tempestade vem a bonanza. Não foi você mesmo que me disse isso outro dia? Esse negócio de escrever no blog, mexe muito com a gente.

Swatch disse...

Olha PeloUrso, há tempos também me senti como te sentes agora; uma amigo nosso,aqui das lides, disse-me "não deixes que a depré se ponha em ti: monta-te nela e puxa-lhe as orelhas! ;)))
Faz isso.
Abraço

Tongzhi disse...

Todos temos dias desses.
Claro que uns têm uma maior capacidade de dar a "volta por cima".
E tu tens essa capacidade.
Por isso, toca a "arrebitar".
Se for preciso eu vou aí dar-te um puxão nos bigodes!!!!

Lampejo disse...

Cláudio,
obrigado por suas palavras. Por vezes é difícil a quem estás dentro da tempestade ver o horizonte.

Swatch ou AC (se me é permitido),
obrigado pelo apoio. È bem verdade que devemos puxa-lhe as orelhas, pegar os touros pelos cornos.

TZ,
eu sei que tu sabes do que sou capaz , já pertences aquele grupo que conhece o meu verdadeiro eu, por isso mesmo compreendes o fundo da questão deste meu post.

Obrigado amigos.

inixion disse...

pois...todos temos os nossos "moments"...cheer up :)

Catatau disse...

Pensa só que amanhã o céu estará mais azul e tu vais senti-lo. Pode ser aos poucos, mas aprende a senti-lo...
Procura gente. Não te deixes amodorrar, solitário, no cinzento. ;)

Tong Zhi disse...

Nem mais, Catatau!
Falaste, como se costuma dizer, como um livro aberto!
Mas o PeloUrso vai lá! Ai isso vai!

bueno disse...

espero que agora, depois das orelhas e bigodes terem sido puxados, que estejas sentindo-se melhor.

Lampejo disse...

Obrigado Inixion. :)

Sabia e confortantes as tuas palavras catatau. Parece que de algum modo somos feitos da mesma fibra. ;)

Eu vou lá TZ. :)

Estou sim Cláudio, apesar das nódoas negras e de uns pelinhos a menos. hehehe. ;)

Tongzhi disse...

Mas ainda fricaram muitos :)

Catatau disse...

Óptimo! Sim senhor. Tou a gostar mais do rumo deste barco! ;))

Sabes uma coisa PeloUrso? Há fibras que pertencem a raças, que pertencem a gente que pertencem a todos! Basta ter um pouquinho de trabalho a procurar.
Fica bem rapaz... e pêlo alerta! :)))

Catatau disse...

E já agora, vê lá se fazes realmente um tributo ao amor!
I'm watching you...